Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

Diretrizes para Autores

 

A) Os artigos podem ser assinados por dois ou no  máximo três autores (as). 

B) Formato do arquivo: Microsoft Word versão 95 ou superior; fonte Times New Roman, corpo 12, com espaçamento simples; página tamanho A4 e as margens com 3 cm.

C) Título centralizado, sem negrito ou grifo, na primeira linha da primeira página. Subtítulos (se houver) sem adentramento, sem negrito ou grifo, numerados em algarismo arábicos.

D) Nome(s) do autor(es/as), remetendo a uma nota de rodapé em que constem titulação, função e instituição a que se vincula (m). O(s) nome(s) do(s) autor(es), assim como do(s) co-autor(es), deve(m) estar duas linhas abaixo do título, alinhado(s) à direita, seguido(s) da(s) respectiva(s) titulação(ões) e da sigla da instituição de filiação, se houver.

E) Resumo do trabalho em português, e Palavras-chave (entre 3 e 5 palavras).

F) ABSTRACT (100 e 150 palavras) e KEYWORDS, em inglês (entre 3 e 5 palavras).

G) Tamanho do artigo: entre 35.000 e 45000 caracteres (5500 a 7500) palavras).

F) Sequência do trabalho: título, nome(s) do(s) autor (es); texto; notas e referências bibliográficas; anexos e/ou apêndices.

G) Todas as indicações de referências utilizadas no corpo do texto deverão vir em nota de rodapé no sistema autor-data. A primeira referência à determinada obra deverá vir completa e as seguintes utilizarão o modelo SOBRENOME, ANO, PÁGINA, conforme exemplos a seguir:

Livros e capítulos de livros

HAGEN, Susan K. Allegorical Remembrance. A Study of The Pilgrimage of the Life of Man as a Medieval Treatise on Seeing and Remembering. Athens & London: University of Georgia Press, 1990, p. 30.

HAGEN, 1990, p. 49.

ZILBERMAN, Regina. Estética da recepção e história da literatura. São Paulo: Ática, 1989, p. 50-51.

ZILBERMAN, 1989, p. 77.

MAUPEU, Philippe. Bivium: L’Écrivain Nattier et le Roman de la Rose. In: DUVAL, Frédéric Duval & POMEL, Fabienne (ed.). Guillaume de Digulleville. Les Pelérinages Allégoriques. Rennes: Press Universitaires de Rennes, 2008, p. 25.

MAUPEU, 2008, p. 29.

Revistas

ADRIANO FILHO, José. “O método histórico crítico e seu horizonte hermenêutico”. Estudos de Religião, v. 35, 2008, p. 33.

ADRIANO FILHO, 2008, p. 37.

CLIFFORD, R. J. “The use of the Hoy in the Prophets”. Catholic Biblical Quarterly, 28, 1966, p. 460.

CLIFFORD, 1966, p. 464.

Nas referências

ADRIANO FILHO, José. “O método histórico crítico e seu horizonte hermenêutico”. Estudos de Religião, v. 35, p. 28-39, 2008.

CLIFFORD, R. J. “The use of the Hoy in the Prophets”. Catholic Biblical Quarterly, 28, p. 458-464, 1966.

Citações diretas:

Até três linhas deverão estar no corpo do texto entre aspas. As citações diretas com mais de 3 (três) linhas deverão ser apresentadas em paragrafação especial: recuo à esquerda, em relação ao corpo do texto, fonte Times News Roman, corpo 11.

Texto da Internet:

GUSMAM, Alexandre de. História do Predestinado Peregrino e seu Irmão Precito. 2ª ed. Évora: Editora da Universidade, 1685. Disponível em http://www.archive.org/details/historiadopredes00gusm. Acesso em 20/03/2009.

Referências

Devem vir ao final do texto, em corpo 12, ordem alfabética, sem numeração, sem adentramento, espaçamento simples, apresentadas de acordo com as normas da ABNT. 

 

Artigos

Pol

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.